Santo André, * *

Guardas municipais realizam protesto no Paço Municipal em defesa da aposentadoria especial nesta quarta-feira (22)
Os colegas da corporação mencionam o caso do GCM Manoel, com 33 anos de serviço, que  lutava na Justiça por esse direito. Lamentavelmente, ele faleceu na semana passada vítima de uma covarde agressão no Parque Celso Daniel, quando fazia uma abordagem.

Por: Viviane Barbosa, Redação Sindserv Santo André
Publicação: 22/01/2020

Imagem de Guardas municipais realizam protesto no Paço Municipal em defesa da aposentadoria especial nesta quarta-feira (22)

card GCM - arte: Mídia Consulte

Logo mais, às 18h, Guardas Civis Municipais de Santo André (GCM) irão realizar ato  em frente ao Paço Municipal e depois caminharão rumo à igreja Matriz, onde acontecerá a Missa de 7 º dia do GCM Manoel, às 19h.

A categoria, que conta com o apoio do Sindserv Santo André, irá cobrar do Governo a inclusão no Estatuto recém-aprovado da CGM o direito à aposentadoria especial entre outros direitos fundamentais.

Os Guardas municipais mencionam o caso do GCM Manoel, que tinha 57 anos e 33 de profissão, que  lutava na Justiça pelo direito à aposentadoria especial. Lamentavelmente, ele faleceu na semana passada vítima de uma covarde agressão no Parque Celso Daniel, quando fazia uma abordagem.

"Se no passado já tivéssemos uma Lei específica com certeza muitos CGMs teriam se aposentado. Hoje apenas os celetistas na GCM conseguem se aposentar pela especial, isso depois de um árduo processo que leva em média 2 a 4 anos até ter o trânsito em julgado (quando não cabe mais recurso). Já os estatutários, exemplo do saudoso irmão Manoel, nenhum em Santo André conseguiu se aposentar pela especial por falta de uma Lei específica e continuam lutando na Justiça", explica a diretora do Sindicato, a GCM, Junia Cristina de Oliveira.

Lutas prioritárias

Os agentes da segurança pública andreense também lutam pelo direito à uma progressão salarial, que contemple os guardas que têm trabalhado doentes, além do  comprometimento da gestão pública em fazer os exames médicos periódicos.

Outra pauta é implementação de uma reestruturação operacional e administrativa dentro da corporação, na qual os GCMs possam se aposentar, beneficiando aqueles com idade avançada para sejam poupados dos serviços  de rua e possam ser encaminhados para fazer serviços burocráticos, como acontece em todas instituições de caráter policial.

Serviço: 
Ato e caminhada dos GCMs de Santo André à Igreja Matriz
Data: 22 de janeiro (quarta-feira)
Horário: 18h e 19h Missa de 7º dia do GCM Manoel
Local: Paço Municipal


Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 3136-0953 /  9+6948-7449
Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Aniversário de 30 anos do SINDSERV Santo André - 28/11/2019