Santo André, * *

Sindserv repudia violência na Creche Beth Lobo e cobra medidas eficazes da Secretaria de Educação 
Segundo relatos de uma funcionária da Creche, a educadora foi vítima de uma tentativa de assassinato.

Por: Viviane Barbosa, da Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 01/11/2022

Imagem de Sindserv repudia violência na Creche Beth Lobo e cobra medidas eficazes da Secretaria de Educação 

card nota

O Sindserv Santo André repudia os inúmeros casos de agressões contra os profissionais da Educação ocorridos nas escolas municipais de Santo André.

Nesta terça-feira, 1º de novembro, a diretora da Creche Beth Lobo foi assaltada e alvejada, por sorte, o tirou foi de raspão. Segundo relato de uma funcionária da Creche, a educadora foi vítima de roubo e tentativa de assassinato. 

Segundo imagens das câmeras de vigilância, o criminoso ficou aguardando ela estacionar o carro, quando a professora abriu a porta ele a abordou e tentou roubar a sua bolsa. Ela reagiu segurando a bolsa, caiu no chão e o criminoso desistiu de roubá-la, mas disparou a arma e o tiro passou de raspão pela sua cabeça. Ele fugiu roubando o carro da vítima.  

"Infelizmente se tornou comum os roubos e furtos em frente à Creche. Teve um dia que uma professora foi assaltada chegando de moto. Hoje vimos uma tentativa de assassinato. Tentaram tirar a vida da professora, quando ela se recusou a entregar a bolsa. Quando isso aconteceu crianças e colegas de trabalho viram tudo pela janela e ficaram em choque", narra uma ADI que trabalha na Creche.

É lamentável toda essa situação e o mais estarrecedor é a postura da Secretaria de Educação que minimizou a situação da violência, que é recorrente na escola, e apenas soltou uma nota informando que tudo foi resolvido e que a GCM (Guarda Civil Municipal) foi acionada e deu suporte à educadora.

Os educadores e professores estão abalados e vivem com medo diariamente. Essa situação alarmante de violência contra os Profissionais de Educação nas escolas municipais precisa acabar. 

O Sindserv Santo André protocolou, no último dia 27 de outubro,  para os vereadores na Câmara Municipal uma minuta de Projeto de Lei que propõe uma Política de Prevenção à Violência contra os Profissionais da Educação nas escolas municipais.

De autoria do Sindserv, o PL prevê a implementação de medidas preventivas, cautelares e punitivas para situações em que os profissionais da Educação estejam sob risco de violência e de coação que possa comprometer sua integridade física. 

O Sindicato acompanhará os desdobramentos dessa minuta na Câmara e mobilizará a categoria para que se torne lei na cidade de Santo André.

Direção do Sindserv Santo André




Assessoria de Comunicação e Imprensa -Mídia Consulte Comunicação & Marketing
WhatsApp: 55 + (11) 9+6948-7450
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Assessoria de Tecnologia da Informação e Website: Egberto Lima
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


 

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Consciência Negra 2022: Contra o Racismo: Lute e Resista - 26 de novembro de 2022-Valdir Lopes