Santo André, * *

“Foi um ano muito difícil para todos os servidores” afirmam dirigentes do Sindserv ao RDtv
O programa foi ao ar na quinta-feira (9) pelas plataformas de redes sociais do  RDtv.

Por: Viviane Barbosa, Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 10/12/2021

Imagem de “Foi um ano muito difícil para todos os servidores” afirmam dirigentes do Sindserv ao RDtv

Para fazer um balanço das lutas dos servidores andreenses neste ano pandêmico, o Representante Legal do Sindserv Santo André, Durval Ludovico Silva, e o diretor o professor Rodrigo Gomes foram entrevistados pelos jornalistas do Repórter Diário TV, Carlos Carvalho e Leandro Amaral.

O programa foi ao ar na quinta-feira (9) pelas plataformas de redes sociais do  RDtv.

Em entrevista aos jornalistas, Durval explicou que 2021 foi um ano muito difícil para todos os servidores públicos, que ficaram na linha de frente da pandemia que infelizmente ainda não acabou.

“Tem uma nova cepa chegando no Brasil e a preocupação passa a ser redobrada. Mas o ano foi muito complicado, tivemos perdas de trabalhadores na linha de frente do combate a pandemia, tivermos muitos ataques aos direitos dos trabalhadores durante todo o ano por parte dos governos Federal, Estadual e Municipal. Mas estamos esperançosos com uma melhora do relacionamento com o governo municipal e que possamos avançar nos nossos pleitos e reivindicações”, explicou o dirigente.

O diretor, professor Rodrigo Gomes, disse que o Sindserv realizou atos e protestos, entre eles, em defesa das reclassificações salariais e da reposição da inflação.

“Nós ocupamos a tribuna livre (da Câmara) praticamente pelos meses de outubro, novembro e dezembro, assim que a Câmara voltou. Do ponto de vista da unidade dos trabalhadores estamos cada vez mais fortalecidos. Eu creio que o Sindicato fez o seu papel, a categoria fez muito bem o seu papel em solicitar as várias reclassificações e os diversos pedidos de reajustes. Infelizmente o prefeito não cumpriu com sua parte, o que era uma promessa de campanha”, completou.

Ao serem questionados pelos jornalistas do RDtv sobre o momento econômico difícil, menor arrecadação da cidade e as consequências da lei complementar 173/2020 (Bolsonaro) que impede reajustes, pagamentos de abonos e contratações (com exceção das emergenciais) até o dia 31 de dezembro deste ano, Durval e Rodrigo disseram que há espaço para conversas para acertar a recuperação salarial para o início de 2022 e a retomada das reclassificações, assim que o Legislativo voltar de recesso, em fevereiro.

Luta pela reposição inflacionária e reclassificação salarial continua em janeiro

A Câmara Municipal realizou a última sessão do ano no dia 2 dezembro. Os vereadores entraram de recesso e retornarão os trabalhos no início de fevereiro de 2022. Dos temas em pauta, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 33/21, que trata do Orçamento Geral do Município de Santo André para o exercício de 2022.

Dos temas em pauta, os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 33/21, que trata do Orçamento Geral do Município de Santo André para o exercício de 2022. 

O Sindserv Santo André continuará a pressão para que o prefeito Paulo Serra efetue a reposição inflacionária de 12,88% nos salários do Acordo Coletivo de Trabalho (2021) e cumpra a sua promessa de campanha e faça as reclassificações salariais de todas as categorias que protocolaram pedidos.

Assista ao programa:

 




Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Protocolo de entrega Abaixo Assinado, Protesto no Paço Municipal e Assembleia Campanha Salarial realizadas em 10 de maio de 2022