Santo André, * *

Contra PEC 186: "Essa não é uma luta corporativista ou só do serviço público, mas de todos e todas”, destaca dirigente Daisy Dias
A PEC permite que prefeitos, governadores e o presidente da República possam congelar despesas obrigatórias, como a suspensão de reajustes salariais e concursos públicos, abrindo caminho para desmantelamento das políticas públicas essenciais para quem mais precisa: a população brasileira.

Por: Viviane Barbosa, Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 19/03/2021

Imagem de Contra PEC 186:

Diretora do Sindserv Santo André, Daisy Dias

Com a finalidade de esclarecer os impactos da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 186, chamada de PEC Emergencial, os Sindicatos dos Servidores Municipais de Santo André (Sindserv Santo André), São Bernardo do Campo (Sindserv SBC) e Diadema (Sindema) realizaram na quinta-feira (18) a Live “PEC EMERGENCIAL 186: mais um ataque do Governo Bolsonaro ao povo brasileiro e ao funcionalismo de todo país”. A mediação foi da diretora Katia Cheli, do Sindema.

A professora Daisy Dias, diretora de Finanças do Sindserv Santo André, abriu sua fala com o poema “É preciso agir” do dramaturgo alemão  Bertolt Brecht , que traz uma mensagem de solidariedade, humanidade e esperança em tempos tão difíceis que a classe trabalhadora atravessa no país diante da pandemia de COVID-19 e dos ataques aos direitos dos governos municipal, estadual e federal.

Ao falar sobre os impactos nefastos da PEC 186, a sindicalista disse “essa não é luta corporativista ou só do serviço público, mas de todos e todas”.

A diretora alertou que tanto a PEC 186 e a Reforma Administrativa, idealizadas pelo Governo Bolsonaro, implementam um projeto de semi-escravidão no país que visa destruir o serviço público.

"A população precisa estar ciente que quando o serviço público é reduzido isso significa que o atendimento na UBS, na UPA, na Guarda e na escola serão precarizados. Faço um apelo a todos para que se unam e participem das ações promovidas pela CUT e sindicatos. Deixo a mensagem de esperança, do verbo agir, único caminho para reverter essa situação de retrocessos e redução dos direitos. É importante estarmos unidos e em luta”, frisa Daisy.

Também participaram o diretor de assuntos jurídicos da CUT Nacional,  Valeir Ertle, o advogado especialista em direito constitucional e público, Jonatas Moreth, o membro da Executiva Nacional da CUT e do Conselho Estadual da defesa do consumidor, Ismael César e Ariana Rumstain do Sindserv SBC.

Saiba mais sobre PEC 186

A Câmara dos Deputados aprovou na semana passada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 186, chamada de PEC Emergencial, que representa mais um atentado aos direitos dos servidores públicos municipais, estaduais e federal no país.

De autoria de Bolsonaro e de seu ministro Paulo Guedes, a PEC condicionou a volta do auxílio emergencial com cortes nos serviços públicos, incluindo educação e saúde em plena pandemia de COVID-19.

A PEC permite que prefeitos, governadores e o presidente da República possam congelar despesas obrigatórias, como a suspensão de reajustes salariais e concursos públicos, abrindo caminho para desmantelamento das políticas públicas essenciais para quem mais precisa: a população brasileira.

O Sindserv Santo André repudia que o governo Bolsonaro se utilize da situação de calamidade pública agravada pela pandemia e da miséria instalada no país para aprovar essa PEC Emergencial que comprometerá a oferta dos serviços públicos e prejudicará os servidores por tempo indeterminado.
 

É PRECISO AGIR
Bertold Brecht (1898-1956)
Primeiro levaram os negros
Mas não me importei com isso
Eu não era negro
Em seguida levaram alguns operários
Mas não me importei com isso
Eu também não era operário
Depois prenderam os miseráveis
Mas não me importei com isso
Porque eu não sou miserável
Depois agarraram uns desempregados
Mas como tenho meu emprego
Também não me importei
Agora estão me levando
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém
Ninguém se importa comigo




Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Reunião Plena do Sindserv Santo André - 22/02/2021