Santo André, * *

Sindserv aguarda posição da Secretaria de Educação sobre situação dos professores flex em 2021
Os educadores aguardam resposta porque a atribuição de aulas se inicia na segunda-feira (30) e muitos dependem dessa resposta para realizarem suas escolhas em razão da carga horária

Por: Viviane Barbosa, Redação do Sindserv Santo André
Publicação: 24/11/2020

Imagem de Sindserv aguarda posição da Secretaria de Educação sobre situação dos professores flex em 2021

foto: cidade de Santo André

O Sindserv Santo André cobrou nesta terça-feira (24) uma posição da Secretaria de Educação sobre como irá ficar a função das professoras e professores em regime flex em 2021.

O Sindicato quer saber se essas vagas de flexibilização irão permanecer no próximo ano, porque essa decisão irá impactar na atribuição de aulas que acontecerá na próxima semana.

A última normativa referente a esse regime foi publicada pela SE em fevereiro de 2020 em consonância com a Lei 9.196 de 16/12/2009, na qual foram oferecidas 12 vagas em creches e 211 vagas em EMEIEFs para os professores e professoras e essa medida terminará em março de 2021. 

Essa flexibilização, com a carga horária de 40 horas, visa suprir as necessidades de serviços de cada unidade escolar. 

Os professores e professoras aguardam esse posicionamento porque a atribuição de aulas se inicia na segunda-feira (30) e muitos dependem dessa resposta para realizarem suas escolhas em razão da carga horária do professor e da professora.

O Sindicato aguarda até sexta-feira (27) a resposta da SE para que todos os professores e professoras possam se programar e não fiquem prejudicados (as).

Direção do Sindserv Santo André




Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 9+6948-7446
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Previdência municipal: Dirigentes protestam contra votação na Câmara e coletam assinaturas