Santo André, * *

Trabalhadores na Saúde da FUABC farão ato no dia 24 em defesa do cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho
A categoria iniciou no dia 17 de setembro paralisações parciais em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Mauá em razão do descumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho, que determina o reajuste de 5,07% nos salários

Por: Viviane Barbosa, da Redação Sindserv Santo André
Publicação: 20/09/2019

Imagem de Trabalhadores na Saúde da FUABC farão ato no dia 24 em defesa do cumprimento da Convenção Coletiva de Trabalho

Amauri e Wagner com as diretoras do Sindsaúde Joana Darc Viana e Adriana de Albuquerque Cavalcante entregam jornais na Unidade de Saúde Dr Moyses Fucs, Unidade de Saúde Vila Lucinda e Naps Praça Chile em Santo André

 

Os trabalhadores e trabalhadoras da saúde na Fundação do ABC em Santo André, São Bernardo, São Caetano e Mauá completaram quatro dias mobilizações e paralisações parciais nos locais de trabalho nesta sexta-feira (20).

O movimento é organizado pelo Sindsaúde e conta com o apoio do Sindserv Santo André e do Sindicato dos agentes comunitários de saúde (Sindacs). 

A categoria aprovou a greve em assembleia, no dia 12 de setembro, em protesto ao não cumprimento, por parte da empresa, da Convenção Coletiva de Trabalho de 2019. O acordo estabelece a reposição integral da inflação, de 5,07% nos salários e benefícios dos trabalhadores(as), em duas parcelas.

Esta foi a decisão unânime da assembleia realizada na sede do SindSaúde ABC, específica dos trabalhadores(as) em hospitais, UPAs, UBSs e demais equipamentos de saúde geridos pela FUABC. 

“Apesar de termos aprovação de greve, estamos fazendo paralisações parciais porque, ao contrário das prefeituras e da Fundação do ABC, o Sindicato tem responsabilidade”, disse o presidente do SindSaúde ABC, Almir Rogério “Mizito”.

Ao todo, são 10.470 trabalhadores nos quatro municípios: Santo André (1.800 funcionários), São Bernardo (6.500), São Caetano (940) e Mauá (1.230).
 

Mobilizações na Base

Os diretores do Sindserv Santo André, Wagner Nascimento e Amauri Francica, estão visitando os locais de trabalho em conjunto com o Sindsaúde e Sintacs, estão visitando os locais de trabalho desde terça-feira (17). Na sexta-feira, eles foram à Unidade de Saúde Dr Moyses Fucs, Unidade de Saúde Vila Lucinda e Naps Praça Chile "Núcleo de atenção psicosocial", em Santo André.

Na ocasião, estão distribuindo materiais e convocando os trabalhadores e trabalhadoras para o Dia “D”, ato em defesa do cumprimento da CCT, que será na próxima terça-feira (24), às 9h, em frente à Prefeitura de Santo André.

Apoio população 

Segundo nota do Sindsaúde ABC, a população tem apoiado o movimento dos trabalhadores da saúde.  

"Nosso movimento está se ampliando; se os trabalhadores quiserem que a greve pipoque em seu local de trabalho, é só ligar para 4422-4040 que enviaremos dirigentes e carro de som”, destaca o Sindicato.


Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 3136-0953 /  9+6948-7449
Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Aniversário de 30 anos do SINDSERV Santo André - 28/11/2019