Santo André, * *

Diretora do Sindserv Santo André destaca importância do engajamento da mulher em Encontro com Guardas mineiras
O evento reuniu cerca de 150 GCMs mulheres de várias cidades do país

Por: Viviane Barbosa, da Redação Sindserv Santo André
Publicação: 29/08/2018

Imagem de Diretora do Sindserv Santo André destaca importância do engajamento da mulher em Encontro com Guardas mineiras

Junia faz palestra para Guardas mineiras - foto: evento

O combate ao machismo e à desigualdade de  gênero foram alguns dos principais temas debatidos no 1º Encontro das Guardas Civis Municipais (GCMs) de Minas Gerais, que aconteceu no último dia (24), no Clube dos Oficiais da Polícia Militar, em Belo Horizonte.

O evento, que contou com o apoio do Centro da Mobilização Nacional, reuniu cerca de 150 GCMs mineiras e também das regiões de Alagoas, Maceió, Niterói (RJ) e de Santo André (SP). 

Uma das palestrantes foi a diretora do Sindserv Santo André, a GCM, Junia Cristina de Oliveira, que compartilhou com as Guardas a importância do engajamento da mulher na defesa dos direitos.

“É importante ocuparmos todos os espaços de poder, principalmente, no Sindicato. Temos que ser uma sindicalista para lutar pelos nossos direitos. Também é fundamental nossa união na base para que possamos avançar nas nossas pautas, como a da segurança pública, entre outros assuntos de nosso interesse”, explica a dirigente.

Lutas prioritárias

Junia disse que as guardas têm muitas pautas prioritárias, que merecem atenção especial por parte dos governos e instituições. 

Algumas por exemplo destacam a questão do fardamento, que hoje na maioria das instituições só disponibilizam o modelo masculino. 

Outros pontos preocupantes são os postos de trabalho que não têm condições adequadas para as mulheres e muitos não possuem um banheiro feminino, bem como a dificuldade em ocupar cargos mais altos dentro da instituição.

“Como em algumas áreas profissionais, o machismo ainda é grande. Existem municípios que não destinam vagas femininas em concursos e até mesmo aqueles que são para graduação são disponibilizadas vagas masculinas. Isso sem contar o assédio moral e sexual dentro das instituições, por isso, temos que nos organizar, combater e denunciar esses abusos”, frisa a sindicalista.

No final do 1º Encontro, as Guardas elaboraram um documento com propostas de valorização das mulheres e de melhorias nas condições de trabalho, saúde, higiene e segurança. 


Junia durante o 1º Encontro - foto: evento

Próximo Encontro
 
No dia 30 de novembro, será a vez do Estado de São Paulo realizar o 1º Encontro das Guardas Municipais Femininas.

Com a participação do Sindserv Santo André, a atividade debaterá temas como: saúde física e mental, família e maternidade, discriminação e assédios, entre outros assuntos.

O evento é organizado pelas Guardas Femininas do Estado de São Paulo (GFEMS-SP) e tem apoio da Associação dos Guardas e Servidores do Estado de São Paulo (AGES) e da Prefeitura do município de Embu das Artes. 

As Guardas interessadas em participar podem procurar a dirigente Junia! 
As inscrições podem ser feitas pelo blog: https://gfemsdesaopaulo.blogspot.com/?m=1. 



GCMs mineiras com a dirigente do Sindicato, Junia - foto: evento




Assessoria de Comunicação e Imprensa -Mídia Consulte Comunicação & Marketing
WhatsApp: 55 + (11) 9+6948-7450
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Assessoria de Tecnologia da Informação e Website: Egberto Lima
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


 

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Esquenta da Campanha Salarial 2023 com entrega de Estopim e formulário de sugestões - 02 de fevereiro de 2023 - Fotos Valdir Lopes