Santo André, * *

3 de agosto é o DIA DA CAPOEIRA: expressão de arte e luta genuinamente brasileira
Nossa homenagem a todos os capoeiristas

Por: Gislene Madarazo
Publicação: 03/08/2018

Imagem de 3 de agosto é o DIA DA CAPOEIRA: expressão de arte e luta genuinamente brasileira

Capoeira: arte e luta genuinamente brasileira criada pelos negros nativos no período colonial para ser utilizada como instrumento de liberdade.

Hoje a capoeira é praticada em mais de 160 países sendo a maior divulgadora da língua portuguesa no mundo. Em seus primórdios os escravizados desenvolveram a técnica da capoeira utilizando-se de diversos conhecimentos de lutas ancestrais africanas, do indígena e até do colonizador. A ginga, elemento base dessa luta foi introduzida justamente para a capoeira ser "disfarçada" em dança, enganando assim seus senhores e feitores, pois estes toleravam algumas práticas e costumes dos escravos para amenizar sua condição de cativo.

Nas diversas fugas que se tem relato nesse período o negro fugia para a mata e se escondia na capoeira, um tipo de vegetação muito comum em solo brasileiro, uma espécie de mato ralo que ia mais ou menos na região da cintura. Quando percebia a chegada do Capitão do Mato o negro escondia se na capoeira e atacava seu opressor, após a batalha percebia se o mato amassado sabendo se assim que o negro " atacou o capitão do mato na capoeira".

Foi utilizada nos quilombos, proibida por lei no código penal de 1890, é só retirada após 1930 através do mestre Bimba, um dos grandes nomes dessa arte, o criador do estilo "Regional". Bimba deu um caráter mais acadêmico a capoeira, uniformização, o primeiro sistema de graduação e diversas benfeitorias que foram introduzidas posteriormente por outros grandes mestres.

Hoje em dia nossa arte é considerada patrimônio cultural brasileiro.

No dia 3 de Agosto se comemora o dia do capoeirista, fato que temos que ressaltar com alegria, pois a capoeira para chegar aonde está a trajetória foi longa e árdua. Por fim digo que a capoeira está inserida dentro do dia a dia de cada brasileiro pois faz parte de sua cultura e este não precisa ser necessariamente um capoeirista, no entanto conhecer sua arte, já seria de grande valia.

Na certeza que nós capoeiristas ainda temos muito pela frente porém buscando sempre a melhoria e o desenvolvimento dessa nossa arte, luta, esporte.

Meus parabéns a todos os capoeiristas que lutaram e lutam por essa arte.

William Aparecido Pereira Torres é Contramestre de Capoeira, atualmente realiza um trabalho na Associação de Capoeira Nossa Luta na Rua Vicente Alves 1075 em São Bernardo do Campo, às Segundas, Quartas e Sextas-feiras, das 20h às 21h30. Também é licenciado em História e especializado em Africanidades e Cultura Afro-brasileira; prática capoeira desde 1996.

 




Assessoria de Comunicação e Imprensa -Mídia Consulte Comunicação & Marketing
WhatsApp: 55 + (11) 9+6948-7450
Editora e Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa MTB 28121
Assessoria de Tecnologia da Informação e Website: Egberto Lima
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br


 

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

Consciência Negra 2022: Contra o Racismo: Lute e Resista - 26 de novembro de 2022-Valdir Lopes