Santo André, * *

Convênio de Qualidade Já: Sindserv Santo André se reúne com Prefeito Paulo Serra
Sindicato reforçará a vontade do funcionalismo pelo cancelamento do Pregão de Licitação e por um convênio médico de qualidade para todos

Por: Redação Sindserv Santo André
Publicação: 16/02/2018

Imagem de Convênio de Qualidade Já: Sindserv Santo André se reúne com Prefeito Paulo Serra

Dirigentes do Sindserv Santo André em ato em frente ao IPSA no dia Pregão - foto: Tiago Olliver

Nesta segunda-feira (19), dirigentes do Sindserv Santo André se reunirão com o prefeito Paulo Serra (PSDB) para debater a situação da assistência médica e hospitalar dos funcionários públicos, que hoje é administrada pelo Instituto de Previdência de Santo André (IPSA). São 26,2 mil usuários beneficiados, entre servidores e dependentes.

Na ocasião, o Sindserv reforçará a vontade do funcionalismo andreense pelo cancelamento do Pregão de Licitação e por um convênio médico de qualidade para todos. 

“Não queremos que os servidores sejam mais uma vez prejudicados por essa Administração, que assumiu o compromisso de valorizá-los e nada está fazendo”, frisa a Direção do Sindicato.

A reunião com o Prefeito é fruto do 1º Ato da Jornada de Lutas por uma Assistência Médica de Qualidade, organizada pelo Sindicato, que aconteceu na tarde do dia 15/2 na Câmara dos Vereadores. Estão agendados atos nos dias 18/2 (domingo), às 11h, no Paço Municipal e no dia 22/2, na Câmara, às 16h.

Apoio dos vereadores 

Durante o 1º Ato na Câmara, a maioria dos vereadores que falou na Tribuna prestou apoio à luta dos Sindserv Santo André e concorda que o Pregão deve ser cancelado, para que tenha um maior debate com os funcionários públicos. 

Cerca de 140 servidores da ativa e  aposentados compareceram e manifestaram indignação com a escolha da empresa Greenline, que venceu a licitação do Pregão do IPSA, no dia 7 de fevereiro. 

O IPSA anunciou no dia 17 de janeiro em reunião dos conselheiros, na qual dirigentes do Sindicato participam, que soltaria um edital de licitação, fato que se concretizou no dia 25 de janeiro. Portanto, não houve tempo hábil para uma discussão que envolvesse o Sindicato e os servidores. 

Na reunião convocada pelo Sindicato, no dia 1º de fevereiro, os trabalhadores  ficaram irritados com essa posição do Instituto que divulgou o pregão na semana seguinte – prazo curtíssimo, dificultando um debate mais aprofundado sobre as necessidades de mudança.

Barrados na Porta 

A  equipe de Paulo Serra disse em rede social que o processo de licitação do IPSA foi transparente e que foi o público pode acompanhar. Mas isso não foi verdade e cadê a transparência? Servidores foram barrados na porta e não tiveram acesso ao Pregão. 

Abaixo-Assinado 

O Sindserv está divulgando nas bases e nas redes sociais um abaixo-assinado (http://goo.gl/qF2e1p), no qual cobra explicações do Prefeito e do IPSA sobre essa mudança no convênio médico.  O documento contém assinaturas de servidores e seus dependentes e será entregue pelo Sindicato para Paulo Serra na reunião de segunda-feira (19).

O Sindicato enfatiza que não luta por essa ou outra empresa e reforça que a preocupação é com a qualidade dos serviços médicos e hospitalares prestados aos servidores andreenses, que em gestões anteriores já têm sido alvo de reclamações.
 


Comunicação e Imprensa do SindServ Santo André
Agência: Mídia Consulte Comunicação & Marketing
Fone: 55 + (11) 3136-0953 /  9+6948-7449
Assessora de Imprensa: Viviane Barbosa Mtb-28121
Redatora: Vanessa Barboza Mtb-74572
Redação: jornalismo@midiaconsulte.com.br

Mídia

Facebook

Galeria de Fotos

21/06 - Tribuna Livre e Audiência sobre o Orçamento Municipal